1966, vive e trabalha em Londrina, PR - Brasil

Rogério Ghomes

Rogerio Ghomes, artista paranaense é doutor em Tecnologias da Inteligência e Design Digital pela PUC SP e mestre em Design pela UNESP.
Atua como docente no Departamento de Design na Universidade Estadual de Londrina UEL.
Estrutura sua pesquisa na desconstrução do fotográfica a partir de chaves como, o deslocamento territorial por meio da paisagem e a relação entre imagem e palavra articuladas comumente em reflexões sobre a existência e espiritualidade. Reconhecido pelo uso da fotografia como linguagem central da sua produção apresentada na forma de instalações, site specifics, e a fotografia em distintos meios de produção e impressão.
Suas obras integram coleções privadas e instituições públicas como: Coleção de Fotografia ABACT, Coleção Joaquim Paiva – Museu de Arte Moderna do Rio de Janeiro – MAM RJ, Coleção McLaren Londres, Coleção Pirelli – MASP de Fotografia, Fundação Cultural de Curitiba – FCC, Museu de Arte Moderna de São Paulo – MAM SP, Museu de Arte Contemporânea da Universidade de São Paulo – MAC USP, Museu de Arte Contemporânea do Paraná – MAC PR,  Pinacoteca de São Paulo.
 
O crítico pernambucano Moacir dos Anjos comenta no  texto de apresentação do livro do artista, ‘Preciso acreditar que ao fechar os olhos o mundo continua aqui’ que:  
Traduzir em discurso articulado o que Rogério Ghomes tenta produzir em seus trabalhos é tarefa destinada, ademais, sempre a relativo malogro. Não por ser obra fechada a interpretações ou de compreensão difícil. Ao contrário, suas imagens usualmente acolhem a quase todos que se detêm diante delas, ainda que nunca de modo idêntico. A razão da dificuldade é mais a de descrever aquilo que, embora implicado nas fotografias do artista, não está nelas visível, posto que os trabalhos de Rogério Ghomes não raro confundem o que é esperado de imagens construídas por uma câmera: querem mostrar ao mesmo tempo que escondem; dizer igualmente calar diante do que figuram. (Moacir dos Anjos, 2017)

Obras em destaque

Todas as obras