Rogério Ghomes

Ponta Grossa, PR, 1966

Contemplado no programa Rede Nacional Funarte Artes Visuais (2015) com o projeto CAMPO EXPANDIDO: narrativas da imagem e no Conexão Artes Visuais MinC/Funarte/Petrobras (2013) com o projeto Campo Expandido: a convergência das imagens. Prêmio Brasil Arte Contemporânea na ARCO_madrid 2010.

Participou de inúmeras exposições nacionais e internacionais, cabe destacar as individuais: Preciso acreditar que ao fechar os olhos o mundo continua aqui, Divisão de Artes Plásticas da UEL. RGB, Galeria Referência Brasília. Não Confie na sua memória, Centro Cultural SESI/AML Londrina. Donde estoy, estoy a esperarte, Museu de Arte de Ribeirão Preto (MARP). Sinto Saudades de tudo, inclusive de mim, Centro Cultural Sistema FIEP. Todos precisam de um espelho para lembrar quem são, Ybakatu espaço de arte e Encuentros Abiertos – Centro Cultural Recoleta, Buenos Aires. Território Ocupado, Paço das Arte São Paulo.

Destacamos as coletivas: Silver Night of Projections – Encontros da Imagem, Braga, Portugal. Luz versus Luz – Bienal Internacional de Curitiba. Ybakatu 20 anos. Coleção Pirelli de Fotografia, Museu de Arte Contemporânea de São Paulo (MASP). Território Estrangeiro, Museu Metropolitano de Curitiba. Nefelibatas, Museu de Arte Moderna de São Paulo (MAM SP). Ponto Cego, Museu da  Imagem e do Som (MIS SP). Panorama de arte Brasileira Museu de Arte Moderna de São Paulo (MAM SP) . VI Bienal de Havana.

Coleções

Suas obras integram coleções privadas e instituições públicas como: Coleção de Fotografia ABACT, Coleção Joaquim Paiva – Museu de Arte Moderna do Rio de Janeiro (MAM RJ), Coleção Mc Laren Londres, Coleção Pirellii/MASP de Fotografia, Fundação Cultural de Curitiba (FCC), Museu de Arte Moderna de São Paulo (MAM SP), Museu de Arte Contemporânea da Universidade de São Paulo (MAC USP), Museu de Arte Contemporânea do Paraná (MAC PR), Museu de Arte de São Paulo.

× Fale Conosco